Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

O tripulante de um veleiro que se encontrava a mais de 1.100 quilómetros a sudoeste da ilha do Faial, nos Açores, foi resgatado na quarta-feira, por apresentar lesões na sequência de uma queda, foi hoje revelado.

Num comunicado enviado às redações, a Marinha explica que o tripulante estava a bordo do veleiro “Helios”, com bandeira de França, mas teve de ser retirado “na sequência de uma queda”, que lhe provocou uma “lesão na cabeça, seguida de perda de consciência e memória”.

A operação de resgate foi coordenada através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), desde o início da tarde de quarta-feira.

A embarcação encontrava-se “a 600 milhas náuticas, o equivalente a mais de 1.100 quilómetros, a sudoeste da ilha do Faial”, segundo a Marinha.

O resgate foi concretizado ainda na quarta-feira, às 19:01, pelo navio tanque “CMA CGM Fortdefrance”.

O tripulante foi posteriormente transportado por uma aeronave EH101 da Força Aérea Portuguesa para o aeroporto das Lajes, na Terceira, onde aterrou na noite de quinta-feira.

O paciente “foi diagnosticado com traumatismo craniano tendo sido posteriormente transferido para unidade hospitalar”, adianta ainda a Marinha.

 

Pub