Marcelo aponta “estabilidade política e legislaturas cumpridas” como condições para Portugal avançar

O Presidente da República defendeu hoje que “estabilidade política e legislaturas cumpridas”, a par de entendimentos de regime mas também alternativas de governação, são condições para que Portugal possa cumprir os seus desafios num futuro próximo.

Numa conferência sobre o setor da banca, Marcelo Rebelo de Sousa fez um balanço da situação das finanças públicas desde que o atual Governo do PS entrou em funções e enumerou os desafios mais simples e mais complexos que o país enfrenta num futuro próximo, elencando as condições necessárias para que todos possam ser ultrapassados.

“Simples e complexos requererão: estabilidade política, legislaturas cumpridas, governos fortes, oposições igualmente fortes para poderem estar presentes nas escolhas decisivas dos portugueses, diálogos e entendimentos nas verdadeiras questões de regime mas alternativas marcadas na governação, credibilidade dos partidos políticos, representação e capacidade de diálogo com os parceiros sociais, respeitabilidade e confiança nas instituições incumbidas das missões de soberania”, apontou.