Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

O crédito malparado diminuiu em outubro face ao mesmo mês do ano passado, mas aumentou ligeiramente nas empresas e nas famílias para habitação em relação a setembro, segundo divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

De acordo com o banco central, 14,6% do total de empréstimos às empresas estavam em incumprimento em outubro, abaixo do registado no mesmo mês de 2016 (15,5%), mas ligeiramente acima do valor de 14,5% registado no mês anterior.

O mesmo acontece com os empréstimos à habitação: em outubro, 3% dos créditos concedidos estavam em incumprimento, um valor igual ao registado no mesmo mês de 2016 (3%), mas acima dos 2,9% registados em setembro e de 2,8% de dezembro do ano passado.

O crédito vencido representava 10,5% nos empréstimos ao consumo em outubro deste ano, um valor semelhante ao do mês anterior, mas que fica abaixo do rácio de 14% registado em outubro de 2016.

Em outubro deste ano, 26,5% dos devedores empresariais tinham crédito vencido, o mesmo acontecia em 5,3% das famílias com crédito à habitação e com 13,8% das famílias com crédito ao consumo.

Segundo o BdP, os empréstimos concedidos a empresas totalizaram 74.401 milhões de euros em outubro, menos 3,4% do que no mesmo mês de 2016, quando o crédito totalizava 82.389 milhões de euros, e também abaixo dos 74.607 milhões de euros concedidos em setembro.

Em outubro, os empréstimos às famílias para habitação totalizavam 98.935 milhões de euros, menos 1,7% do que o total de 99.087 milhões de euros concedidos no mesmo mês de 2016, e 24.817 milhões de euros para consumo, mais 5% do que o registado em outubro do ano passado.

Em outubro, o valor dos empréstimos às famílias para habitação é inferior ao verificado em setembro (quando totalizou 99.087 milhões de euros) e é ligeiramente superior no caso do crédito ao consumo (que no mês anterior foi de 24.813 milhões).

Pub