Pub

A cantora e compositora Oxalá está a efetuar uma série de concertos virtuais para ajudar a angariar fundos para uma instituição luso-canadiana em Toronto.

Os meus pais vieram (para o Canadá) de S. Miguel, Açores, em 1986. Eu nasci no Canadá, sou canadiana, mas sempre tive uma grande influência das minhas raízes portuguesas. Numa altura em que estou a desenvolver a minha música, considerei que que queria ajudar pessoas provenientes da diáspora portuguesa que começam a vida em Toronto”, disse hoje à agência Lusa Dianne Oliveira (Oxalá).

A artista reconhece todas as dificuldades inerentes ao período da imigração na década de 1980 partilhada durante a infância pelos seus pais, mas nos dias de hoje devido à pandemia Covid-19 e ao impacto económico que muitas famílias sentem “também é complicado” daí querer apoiar a causa e o Centro Abrigo.

A instituição, a celebrar o seu 30.º aniversário este ano, presta serviços sociais à comunidade que é diversificada, nomeadamente a mulheres vítimas de abuso na comunidade de expressão portuguesa na Grande Área de Toronto, atendendo mais de 6.500 clientes por ano, com 800 deles, mulheres assistidas no programa de violência doméstica.

Os donativos para o Centro Abrigo surgem através de concertos virtuais, em que os interessados, em vez de “pagarem o bilhete”, podem efetuar um donativo para a associação, quer através do site da cantora www.oxala.ca/abrigocentro ou através do próprio site da organização em abrigocentre.ca.

O próximo concerto tem lugar no dia 25 de outubro, pelas 19h00 (00h00 de Lisboa), com o objetivo de celebrar a “música portuguesa”, com músicas interpretas em português e em inglês.

“Escolhi para este espetáculo músicas como o ‘Barco Negro’, ‘Chuva’ e outros temas de expressão portuguesa, bem como Ana Carolina e Seu Jorge, influências que sinto na música, como bossa nova e João Gilberto. Ainda vou interpretar alguns temas novos originais”, afirmou.

O primeiro concerto virtual de Oxalá para ajudar o Centro Abrigo teve lugar no dia 20 de setembro, de homenagem a Amy Winehouse.

No dia 13 de novembro está previsto mais um espetáculo, com a apresentação de uma curta-metragem, com detalhes nos bastidores de um concerto da cantora, realizado há um ano.

Pub