PUB

O Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, Luís Garcia, considerou ontem, na cidade da Horta, que a existência do Serviço Regional de Saúde, “por mais incompleto que ainda possa estar”, é “sem dúvida um avanço fundamental, só possível no quadro político-administrativo que nos trouxe a Autonomia Regional”.

“Só quem não conheceu os Açores de há 46 anos, pode ter dúvidas sobre a importância da criação de um Sistema Regional de Saúde capaz de responder aos problemas e necessidades de todos os açorianos, de Santa Maria ao Corvo”, acrescentou o Presidente do Parlamento açoriano, durante a sessão de apresentação do livro “Serviço Regional de Saúde-Açores – Identidade e Desenvolvimento”, da médica Fernanda Mendes, que teve lugar ontem à noite na Residência Oficial do Presidente da ALRAA – Cedars House.

“Entendo que para melhor se legislar e fiscalizar é preciso compreender bem o Sistema Regional de Saúde que temos hoje, e sem dúvida que o trabalho da Dr. Fernanda Mendes será uma ajuda preciosa para essa compreensão”, acrescentou, no final da sua intervenção, dirigindo-se aos Líderes Parlamentares e Deputados à Assembleia Legislativa presentes na sessão.

PUB

Seguiram-se as intervenções de Graça Moniz, animadora da RDP-Açores, que fez uma pequena apresentação de Fernanda Mendes, ex-Secretária Regional dos Assuntos Sociais e antiga Vice-Presidente da Assembleia Legislativa, onde foi Deputada durante cerca de dez anos.

De seguida, coube a palavra à autora do livro, editado pela Letras Lavadas, que fez uma apresentação mais pormenorizado do seu trabalho, adaptando a sua reflexão à audiência, composta maioritariamente por Deputados e Administradores hospitalares.

O fecho da sessão ficou a cargo do Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, que falou em representação do Presidente do Governo Regional de Saúde, fazendo uma reflexão sobre a importância de sublinhar o lado positivo do Sistema Regional de Saúde e as “boas notícias” que ele dá diariamente aos açorianos, das quais raramente se fala.

O livro de Fernanda Mendes, prefaciado pelos antigos presidentes do Governo Regional dos Açores, João Bosco Mota Amaral e Carlos César, evidencia, em números, os primórdios do Serviço Regional de Saúde, que coincidiram com os primeiros tempos da Autonomia Político-administrativa dos Açores, retratando a sua evolução até 2019 e mostrando a forma como revolucionou os cuidados de saúde em todas as ilhas.

Pub