Pub

“Uma das minhas ideias é a criação de um parque de campismo na periferia da cidade de Ponta Delgada, porque o único parque de campismo, que há sensivelmente dois ou três meses é que foi melhorado, é o parque de campismo das Sete Cidades”, afirmou, à agência Lusa.

O candidato defendeu que a construção de um parque de campismo seria “benéfica” para o turismo.

“Na periferia de Ponta Delgada não temos mesmo nenhum parque de campismo e isso era bom para apostar mais no turismo”, assinalou.

Sobre o local escolhido para acolher a infraestrutura, Luís Franco referiu que, primeiro, deveria existir uma “conversa com o Governo” Regional para encontrar um “sítio que fosse benéfico para toda a gente”.

Pub

O candidato avançou com a hipótese das freguesias das Feteiras ou das Capelas, defendendo que o local não deverá ser “muito longe” do centro do concelho, porque “para muito longe já temos [parque de campismo] das Sete Cidades”.

Segundo disse, a construção de um parque de campismo iria permitir aos residentes “fazerem turismo cá dentro”.

Para Luís Franco, um parque de campismo permitiria também “abranger mais estatutos” sociais, uma vez que “nem toda a gente” consegue suportar os custos de um “alojamento local ou de um hotel”.

“As pessoas que têm menos possibilidades, mesmo pessoas de fora [da região] que não tenham tantas possibilidades, podiam vir ao concelho de Ponta Delgada desfrutar do que o nosso concelho oferece. Com um parque de campismo na periferia, já sabe que os custos são muito menores”, advogou.

São candidatos à Câmara de Ponta Delgada Pedro Nascimento Cabral (PSD), André Viveiros (PS), Vera Pires (BE), Luís Miguel Quental (IL), Luís Franco (Chega), Rui Teixeira (CDU) e Dinarte Pimentel (PAN).

O município é composto por 24 freguesias: Ajuda da Bretanha, Arrifes, Candelária, Capelas, Covoada, Fajã de Baixo, Fajã de Cima, Fenais da Luz, Feteiras, Ginetes, Livramento, Mosteiros, Pilar da Bretanha, Relva, Remédios, Santa Bárbara, Santa Clara, Santo António, São José, São Pedro, São Roque, São Sebastião, São Vicente Ferreira e Sete Cidades.

Nas eleições autárquicas de 2017, o PSD venceu a Câmara de Ponta Delgada com 51,28%, alcançando cinco mandatos, sendo que os outros quatro mandatos foram conquistados pelo PS (39,11%). O BE teve 1,06%, o PAN 1,80%, a CDU 1,05% e a coligação CDS-PP/PPM 0,95%.

Em 11 eleições autárquicas livres, o PSD presidiu quase sempre à Câmara de Ponta Delgada, com exceção do mandato 1989-1993.

As eleições autárquicas estão marcadas para 26 de setembro.

Pub