Lubélio Mendonça sublinha que refeições escolares no Corvo estão a ser diligenciadas para toda a comunidade escolar 

Lubélio Mendonça

“É importante que se diga que o fornecimento de refeições na Escola Básica e Secundária Mouzinho da Silveira para docentes e não docentes está a ser diligenciado entre as partes a algum tempo a esta parte”, afirmou Lubélio Mendonça recordando que desde janeiro de 2018 “que 25 alunos, de um universo de 47, utilizam o refeitório da Santa Casa da Misericórdia do Corvo”.

O parlamentar falava à margem da audição ao Provedor da Santa Casa da Misericórdia do Corvo e ao Secretário Regional da Educação e Cultura, no âmbito da reunião da Comissão de Assuntos Sociais, realizada esta sexta-feira, em Ponta Delgada.

O deputado do PS/Açores salientou que a maximização de infraestruturas e equipamentos é “ponto assente”, sendo que é o que “faz sentido numa comunidade específica, como a do Corvo, na qual as infraestruturas e os recursos se encontram bastante próximos e em excelentes condições, pelo que podem ser partilhadas, beneficiando os cidadãos e uma melhor gestão dos recursos públicos”.

“A Escola Básica e Secundária Mouzinho da Silveira está efetivamente, no âmbito da sua autonomia, em articulação direta com Santa Casa, de forma a encontrarem a melhor forma de operacionalização para o fornecimento de refeições escolares, mas o que é certo é que docentes e não docentes do Corvo terão acesso ao refeitório, tal como já acontece com os alunos”, concluiu Lubélio Mendonça.