Livro ‘A Energia Viva da Terra’ surge para despertar nos jovens o interesse pelas temáticas relacionadas com a energia

A Diretora Regional da Energia sublinhou a importância do livro ‘A Energia Viva da Terra’, dirigido aos estudantes açorianos, considerando que, por ser “recheado de conceitos e ilustrações”, vai, de forma intuitiva, “despertar nos jovens o interesse pelas temáticas relacionadas com a energia”, como a eficiência energética e a mobilidade elétrica, dotando-os de conhecimentos e valores que permitirão “atitudes mais esclarecidas e otimizadas no uso da energia, reconhecendo-os como agentes de mudança imprescindíveis”.

Andreia Carreiro falava à margem da apresentação desta publicação, na EBI da Praia da Vitória, que contou com cerca de uma centena de alunos.

A Diretora Regional adiantou que o livro chegará aos alunos do 3.º, do 4.º, do 5.º e do 6.º ano das escolas dos Açores, “contando-lhes ‘estórias de energia’, que vão desde o início da vida na Terra, até à revolução industrial, passando pelas alterações climáticas, apresentando o recurso às fontes de energia renováveis e endógenas como uma das principais soluções para contrariar os seus efeitos, destacando o que de melhor se faz nos Açores na exploração e valorização dos recursos naturais”.

A publicação do livro ‘A Energia Viva da Terra’ é uma ação, salientou Andreia Carreiro, que “compreende diversas idades, considerando que os alunos são importantes agentes multiplicadores de informação no seu agregado familiar e na sociedade em geral, influenciando comportamentos no seu dia-a-dia, constituindo-se, assim, como parceiros ideais na promoção do desenvolvimento sustentável da Região, assente em matéria de energia”.

“É neste sentido que temos vindo a conduzir os nossos esforços, valorizando o importante contributo dos jovens”, sublinhou a Diretora Regional, salientando o Programa Educativo de Eficiência Energética, dedicado aos alunos do 1.º e do 2.º ciclo que se encontra a decorrer, e os Encontros com a Eficiência Energética – Escolas, destinados ao 3.º Ciclo e ao Secundário, “por forma a fazer chegar os conceitos associados à importância da energia e do seu correto uso a todos os jovens Açorianos”.

Por seu lado, o Diretor Regional da Educação referiu que “nos dias que correm, é cada vez mais premente a necessidade de valorizar as participações cívicas dos jovens”, considerando que “é uma forma de ativamente levarem a cabo a sua ação como cidadãos conscientes das problemáticas quotidianas, ao tentarem, de forma reflexiva e crítica, encontrar-lhes soluções sustentáveis.”

Rodrigo Reis salientou que este livro, “será uma mais-valia para os alunos da Região” e “uma importante ferramenta para o desenvolvimento de competências que constituem parte do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e farão deles cidadãos mais conscientes, logo, mais implicados com a melhoria das condições de vida das comunidades em que vivem”.

O livro hoje apresentado, que é acompanhado por um manual pedagógico destinado aos professores, é da autoria de Nuno Farinha e António Eloy, redigido em parceria com a Direção Regional da Energia e a EDA – Eletricidade dos Açores, e resulta de uma iniciativa da APREN – Associação Portuguesa de Energias Renováveis.