Lançado livro de banda desenhada “José Cordeiro – Pioneiro da Eletrecidade dos Açores”

A Fundação Eng.º José Cordeiro promoveu a edição do livro de banda desenhada”José Cordeiro – Pioneiro da Eletrificação dos Açores”, da autoria de Luís Cardoso, que retrata a vida e obra do pioneiro da eletrificação dos Açores.

Além de precursor da eletrificação açoriana e um dos primeiros em Portugal, o Eng.º José Cordeiro foi igualmente pioneirono aproveitamento dos recursos renováveis para a produção de energia elétrica, legado que perdura até aos nossos dias.

A personagem principal deste livro formou-se com distinção em engenharia química na ÉcoleCentrale de Paris em 1893 e regressou à sua terra decidido a estabelecer e desenvolver uma nova indústria, a elétrica, ideia que contou com o apoio da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo.

A introdução da eletricidade na ilha de São Miguelconcretizou-se com sucesso no dia 18 de março de 1900,emVila Franca do Campo.

A escolha da banda desenhada para a divulgação desta temática deveu-se ao facto de ser um excelente recurso para a aprendizagem. Os leitores acabam por se sentirfamiliarizados com os seus personagens, narra uma história e, por isso, capta mais a atenção, contribuindo positivamente para a aquisição de conhecimentos.

A distribuição da versão impressa destina-se principalmente aos alunos do 1.º e 2.º ciclos e será feita aos alunos que frequentam estes ciclos de ensino nas escolas de Vila Franca do Campo, numa homenagem ao concelho onde se iniciou a produção de energia elétrica. Esta distribuição será alargada a todas as bibliotecas escolares da Região contando, para o efeito, com uma parceria entre a Fundação e a Rede Regional de Bibliotecas dos Açores (RRBE).

A versão digital foi igualmente contempladae encontra-se disponível no sítio eletrónico da Fundação (www.fejc.eda.pt).

A Fundação Engenheiro José Cordeiro, constituída a 20 de agosto de 1990, resultou das contribuições dos fundadores EDA-Electricidade dos Açores, S.A., Empresa de Electricidade e Gáz, Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Carlos Eduardo Agnelo Borges, Luís Manuel Agnelo Borges, Duarte Manuel da Silveira do Canto Tavares e José Agnelo de Vaz Carreiro.

Pub