Lagoa participa em congresso nacional de “Cidades Educadoras”

A Câmara Municipal de Lagoa está a participar no VIII Congresso Nacional das Cidades Educadoras inscritas na Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE), que terá lugar entre 15 e 18 de maio, no Centro de Congressos do Arade, em Lagoa, Algarve.

O programa deste congresso pretende reforçar e valorizar três dimensões distintas, que concorrem em três patamares para a realidade das cidades, a política, a técnica e a da investigação académica.

Será, deste modo, apresentado pela autarquia de Lagoa-Açores uma experiência para debate do projeto “Biblioteca na Rua”, no dia 16 de maio. Trata-se de uma biblioteca móvel, instalada num veículo adaptado para o efeito, que transportará livros e que vai estar disponível a todos os lagoenses nas cinco freguesias do concelho.  Entre os objetivos desta iniciativa, que diversifica a oferta pública da biblioteca municipal, destacam-se o fortalecimento da relação entre a instituição e a comunidade, criando oportunidades de leitura de fruição, fora dos lugares habituais.

A 8ª edição deste congresso tem a participação de conferencistas de prestígio nacional e internacional, que levam a debate temas como “Criar (na) Cidade”, “Periferias” e “Cidades e redes”, bem como a apresentação de estudos académicos de Instituições de Ensino Superior.

De referir que, este é o primeiro Congresso Nacional da Rede Territorial das Cidades Educadoras, que conta com jovens vindos de todo o território nacional e ilhas, tendo estes a oportunidade de participar em diversas atividades e sendo envolvidos no processo de criação de propostas que melhorem as suas cidades e a sociedade em geral. Estão a participar, assim, neste congresso dois jovens do concelho de Lagoa-Açores.

O objetivo é capacitar os jovens para que se tornem agentes ativos e dinamizadores das suas comunidades, sendo este congresso o espaço ideal para refletirem sobre os seus territórios, identificando oportunidades e desafios e partilhando ideias e experiências para as potenciar.

No programa cultural deste evento, está ainda incluído o percurso performativo “Um Rio… de Encontro ao Mar”, que convida os participantes a conhecer a identidade de alguns locais de Lagoa-Algarve, através de uma viagem pelas memórias, lendas, contos e espíritos enraizados no imaginário coletivo

Refira-se, ainda, que a Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE) conta com 476 cidades associadas em 37 países. Em Portugal pertencem à AICE 70 cidades, que se constituíram, em 2005, na Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, em que o Município de Lagoa é membro desde 2015. Para a autarquia lagoense, o envolvimento da comunidade nas decisões políticas e sociais, é fundamental, porque a participação nas diversas atividades em prol de uma Cidade Educadora confere saberes imprescindíveis para o exercício de uma cidadania ativa, reforçando assim a vivência democrática no concelho.