Lage promete não abdicar da Liga Europa a pensar no campeonato

O treinador Bruno Lage garantiu hoje que o Benfica vai enfrentar o Shakhtar Donetsk com o único objetivo de vencer e garantir a passagem aos ‘oitavos’ da Liga Europa em futebol, sem pensar no jogo seguinte, do campeonato.

“A nossa preferência é sempre o jogo seguinte. Vencer um jogo e preparar o jogo seguinte é diferente de não vencer um jogo e preparar o jogo seguinte, por isso vamos escolher o ‘onze’ em função da nossa estratégia, sem abdicar de qualquer competição, nem poupar ninguém. Vai jogar quem estiver disponível e em melhor condição”, garantiu o treinador das ‘águias’.

Sobre a estratégia que o Benfica vai adotar para recuperar da desvantagem de 2-1 trazida da Ucrânia, Lage assumiu que o Benfica vai tentar dar a volta rapidamente à eliminatória.

“Temos de ir à procura do resultado que nos permita seguir em frente. Queremos uma entrada forte, frente a um adversário competente, com bola e sem bola, procurando não nos expormos a espaços que o Shakhtar gosta de explorar”, antecipou Lage, admitindo que, relativamente ao jogo da primeira mão, o campeão nacional tem de ser “mais competente no momento defensivo”.

Sobre a reformulação que operou no meio campo frente ao Gil Vicente, na última jornada do campeonato, o treinador não revelou se Samaris voltará a estar no ‘onze’, nem se Taarabt vai ocupar os mesmos espaços que em Barcelos, afirmando apenas que qualquer dos elementos do meio campo “está preparado para jogar”.

Presente na conferência de imprensa do jogo desta quinta feira esteve também o defesa Ferro. Alvo de algumas críticas pelos golos sofridos pelos ‘encarnados’ nos últimos jogos, o central optou por não individualizar a análise do pior momento defensivo das ‘águias’.

“Não perco, nem ganho sozinho. Há jogos mais e menos conseguidos e compete ao ‘mister’ analisar e falar comigo. São 11 que defendem e esse processo começa na frente. Passámos uma fase em que sofremos mais golos, mas são períodos e cabe-nos trabalhar para melhorar”, disse o jovem defesa.

Sobre o encontro com o Shakhtar, Ferro espera poder contar com o apoio dos adeptos que vão estar presentes na Luz para “dar a volta ao resultado” registado em Kharkiv.

“Vamos jogar em casa, com os nossos adeptos, e temos todas as possibilidades de seguir em frente. Mas, sabemos que vai ser difícil, o Shakhtar não é uma equipa fácil”, terminou o jogador do Benfica.

Benfica e Shakhtar Donetsk defrontam-se na quinta feira, em jogo da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, no Estádio da Luz, em Lisboa, a partir das 20:00, num jogo que será arbitrado pelo holandês Bjorn Kuipers.