Karlos Rotsen Trio, Blubell, Beatriz Rodarte e Synic na 8 ª. Edição do Festival de Jazz mais jovem de Angra do Heroísmo

A 8a edição do Festival Mais Jazz, promovida pela Mais Jazz Produções, pela associação cultural Miratecarts e apoiada pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, realiza-se nos próximos dias 24 e 25 de maio em Angra do Heroísmo.

Este ano o festival regressa ao Teatro Angrense, desta vez apresentando os concertos na sala principal, o que se apresenta como mais um passo no curto percurso deste festival que se mantém jovem e urbano, e que se continua a caracterizar pela aposta no fortalecimento e na consolidação de um ecossistema cultural e criativo.

O projeto (+) Mais Jazz é um projeto sem fins lucrativos que surgiu com o intuito de promover o Jazz nos Açores e dos Açores, tendo como objetivo dinamizar o circuito de Jazz na ilha Terceira, consolidar o público já existente e criar novos públicos, tornando-se assim um pólo de convergência de músicos e diferentes entidades, criando parcerias, promovendo intercâmbios, realizando acções de formação e criando uma programação regular de Jazz na ilha e no grupo Central. Exemplo disso foi a apresentação do Festival Lava, um festival internacional de Jazz do Pico, no passado mês de Abril, que conta com o apoio dos três municípios e diversas entidades públicas e privadas locais. O festival irá realizar a sua primeira edição nos dias 19, 20 e 21 de Setembro.

O projeto (+) Mais Jazz conta já com uma história de sete anos de promoção da cultura moderna que se faz nos Açores, em Portugal e no estrangeiro. Caracteriza-se sobretudo pela multiplicidade de áreas artísticas abrangidas nos seus eventos. E tem-se mostrado segundo as palavras do vereador da cultura Guido Teles “ uma iniciativa de grande relevo capaz de afirmar e projectar o concelho de Angra do Heroísmo a nível nacional”.

Em 2018, nos Iberian Festivals Awards, o Festival Mais Jazz foi reconhecido como um dos melhores cinco festivais na categoria “Indoor”. Destaque que foi amplamente difundido nos media em Portugal e Espanha.

O cartaz musical, desta 8a edição é uma mostra tanto de juventude como de maturidade musical, contando o festival este ano com artistas internacionais, como: Blubell cantora, compositora e um dos nomes mais relevantes da música contemporânea brasileira; Beatriz Rodarte cantora, compositora e instrumentista em São Paulo, já com três álbuns lançados; Karlos Rotsen Trio que apresentam um reportório musical de Latin Jazz, com grande influência do jazz caribenho, que no último dia do festival irão actuar com Synik, um Mc do Zimbabué que apresenta na sua música uma reflexão sobre os tempos através do olhar do artista.