Pub

“Entraram na urna sete votos”, disse Isabel Tenente, reeleita por um movimento independente para um terceiro e último mandato.

A Junta de Freguesia do Mosteiro, no concelho das Lajes das Flores, nos Açores, é a autarquia com menos eleitores inscritos em Portugal.

À semelhança do que aconteceu em outras 21 freguesias no país com menos de 150 eleitores, no Mosteiro a eleição para a autarquia local decorreu num plenário de cidadãos, realizado no domingo, uma semana depois das eleições autárquicas.

Com 26 pessoas recenseadas na freguesia, eram precisos apenas três votos, equivalentes a 10% dos inscritos, para que o plenário de cidadãos fosse válido.

Segundo Isabel Tenente, o facto de ter surgido apenas uma lista concorrente à junta de freguesia pode justificar a baixa adesão.

“Se tivesse havido mais alguma lista, se calhar, à partida, tinham aparecido mais pessoas”, adiantou.

A junta de freguesia e o plenário de freguesia, com três elementos cada, foram reeleitos, com poucas alterações na sua composição.

Isabel Tenente lamentou que não tenham surgido mais listas concorrentes e disse temer que no próximo ato eleitoral a Junta de Freguesia do Mosteiro se extinga.

“Estou a ver que daqui a quatro anos, da maneira que as coisas estão, não vai aparecer ninguém”, apontou.

No seu último mandato, a autarca não tem “nada de muito avultado” em mãos, mas espera poder avançar com pequenas obras para melhorar a atividade pecuária na freguesia.

“É necessário fazer um reforço e a manutenção do abastecimento de água à lavoura”, revelou.

Outro dos projetos que quer desenvolver, em conjunto com a câmara municipal, é a abertura de um museu na freguesia do Mosteiro.

“É uma freguesia muito pequena, a nível social não há nada de importante para resolver”, salientou.

Segundo a Comissão Nacional de Eleições, das 22 freguesias com menos de 150 eleitores inscritos em Portugal, cinco estavam localizadas nos Açores, todas na ilha das Flores.

Para além do Mosteiro, também as freguesias da Fajãzinha (74 eleitores) e do Lajedo (87), nas Lajes das Flores, e da Caveira (71) e dos Cedros (108), em Santa Cruz das Flores, votaram em plenário de cidadãos.

Pub