Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

O Diretor Regional da Juventude afirmou, na Horta, que os jovens Açorianos “têm vindo a demonstrar, sistematicamente, uma criatividade muito desenvolvida”, frisando mesmo que podem “rivalizar com criativos de classe mundial”.

Lúcio Rodrigues, que falava sexta-feira no encerramento da segunda edição do festival de curtas metragens C(H)orta, promovido pela Associação de Jovens da Ilha do Faial (AJIFA), elogiou a iniciativa, destacando a “qualidade das películas postas a concurso este ano”, que permitiu “consolidar esta aposta em organizar um festival de curtas-metragens na ilha do Faial”.

Para Lúcio Rodrigues, é “importante que os jovens Açorianos cultivem uma postura de proatividade e criatividade perante a vida”, caraterísticas que “seguramente contribuirão grandemente para o seu sucesso”.

Neste âmbito, referindo-se à 6.ª edição da iniciativa LabJovem, o Diretor Regional realçou a “novidade de alargar este concurso às escolas, este ano sobre o tema da eficiência energética”, uma aposta que “seguramente levará os jovens a refletir cada vez mais sobre os nossos padrões de consumo energético e contribuir para desenvolver estratégias que nos levem a ser cada vez mais eficientes do ponto de vista energético”.

“É com agrado que o Governo dos Açores abraça a missão de contribuir para estimular a criatividade dos jovens Açorianos”, assegurou Lúcio Rodrigues, acrescentando que os jovens “estão a explorar cada vez mais a sua criatividade, em todas as vertentes, o que se constitui como um importante ativo para as suas vidas pessoais e para a Região, no seu todo”.

Lúcio Rodrigues reafirmou a “disponibilidade do Governo dos Açores, através da Direção Regional de Juventude, em continuar a ser parceiro de projetos como este, que se afiguram muito positivos para a juventude e que se traduzem em resultados concretos”.

O Diretor Regional da Juventude entregou o prémio ‘C(H)orta de Honra’ a Pedro Cabeleira, um jovem realizador, que também ganhou uma menção especial no Locarno Film Festival, que decorreu na Suíça.

Pub