Jornal da Ordem dos Arquitetos dedica publicação de maio ao Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas

O Jornal Gyptec, editado pela Ordem dos Arquitetos, dedica a sua edição número quatro, referente ao mês de maio, ao Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas.

Nesta edição do Jornal, o arquiteto Manuel Graça Dias escreve sobre este Centro de Artes, desenvolvendo uma análise profunda sobre o projeto, que considera um caso de recuperação inteligente e sensível de uma peça de património industrial, num artigo intitulado “A Cidadela Culta”.

Manuel Graça Dias, que visitou o Arquipélago no passado mês de abril, deixa-nos a sua opinião ao escrever “… concluída a visita, folheando na elegante loja de vendas os muitos catálogos e publicações resultantes dos vários acontecimentos que o Centro já testemunhou, somos, afinal, levados a pensar que, “património” e “recuperação”, em arquitectura, poderão ser conceitos ainda muito atravessados por equívocos e ambiguidades”.

Mas que, de acordo com este especialista, “quando encarados neste conjunto, este modo aberto, inventivo, discreto, culto, dialogante com o existente e pleno de desejo de o interrogar, melhorar e aperfeiçoar, quando se constituem como fortes argumentos para uma saudável compreensão da própria ideia de “recuperação”, terão certamente, também, um forte potencial didáctico que nos caberá, então, a nós, divulgar celebrar e dar como exemplo”.