PUB

O Presidente norte-americano, Joe Biden, advertiu hoje o seu homólogo chinês, Xi Jinping, para as “implicações” e “consequências” para a China caso forneça “apoio material” à Rússia no “brutal” ataque deste país à Ucrânia, indicou a Casa Branca.

A reunião por videoconferência entre os dois líderes, a primeira que mantiveram desde novembro passado, esteve centrada na invasão russa da Ucrânia e decorreu durante duas horas, segundo a nota oficial.

Os dois dirigentes também assinalaram a sua vontade de “manter os canais de comunicação abertos”.

PUB
Pub