Pub

A Itália registou 34 mortos e 1.638 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, somando 35.692 296.569 desde 21 de fevereiro, quando teve início a crise de coronavírus no país, anunciou hoje o Ministério italiano da Saúde.

O número de novos casos de infeções é superior ao registado na sexta-feira (1.907 infetados), mas o número de testes realizados hoje também foi maior: 103.223 exames hoje e 99.839 na sexta-feira.

Até sexta-feira, 909 pessoas foram curadas, totalizando 217.716 recuperados desde fevereiro, sendo que existem atualmente 43.161 infetados com coronavírus em Itália, dos quais apenas 215 estão em unidades de cuidados intensivos.

Pub

Das 1.638 novas infeções, 243 foram notificadas na região da Lombardia, 197 em Lazio (cuja capital é Roma), e 186 em Véneto.

Apenas Valle d’Aosta (no norte do país) e Abruzzo (no centro) não registaram nenhum caso novo nas últimas 24 horas.

O Instituto Superior de Saúde de Itália avisou, na sexta-feira, ser necessário que o país continue a manter as medidas de prevenção e controlo para prevenir a propagação da pandemia e sublinhou que os cidadãos devem estar preparados “para novas intervenções caso haja maior descontrolo” da curva de transmissão.

O chefe do departamento de prevenção do Ministério da Saúde, Gianni Rezza, admitiu, entretanto, que a Itália vive “um aumento lento, mas contínuo das hospitalizações”.

A Itália controla todos os cidadãos que chegam ao país provenientes de Espanha, Malta, Grécia e Croácia, caso não apresentem um teste feito nos três dias anteriores e com resultado negativo para a covid-19.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 953.025 mortos e mais de 30,5 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (198.597) e também com mais casos de infeção confirmados (mais de 6,7 milhões).

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (41.732 mortos, quase 386 mil casos), seguindo-se Itália, França (31.249 mortos, mais de 428 mil casos) e Espanha (30.495 mortos, mais de 640 mil casos).

Portugal contabiliza 1.899 mortos em 68.025 casos de infeção.

Pub