Pub

A Inspeção Regional do Trabalho (IRT) realizou, desde janeiro, 741 visitas inspetivas a entidades da hotelaria e restauração dos Açores, na sequência das quais “já foram regularizados, voluntariamente pelos empregadores, 85% dos trabalhadores identificados em situação irregular”.

De acordo com uma nota divulgada na página da Internet do Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM), as inspeções foram realizadas entre 01 de janeiro e 15 de novembro e “apenas 20 destas visitas inspetivas tiveram origem em denúncias ou reclamações”.

Na sequência das ações inspetivas promovidas pela IRT, “já foram regularizados, voluntariamente pelos empregadores, 85% dos trabalhadores identificados em situação irregular na área da hotelaria e restauração, comprovando, também, que as intervenções de natureza pedagógica, inscritas no Plano de Atividades da IRT, são adequadas, face às circunstâncias”, lê-se na nota da Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego

Os números demonstram que “a esmagadora maioria das inspeções resultam da intervenção de iniciativa da própria IRT, por um lado, e, por outro, que o setor da hotelaria e restauração contribui de forma residual em termos de denúncias”, sublinha a Inspeção Regional do Trabalho.

A IRT realça ainda que a promoção de “uma cultura de prevenção e de cumprimento da legislação laboral constitui, entre outros, um objetivo estratégico” inscrito no Plano de Atividades da Inspeção, de modo a contribuir para “o trabalho digno e, consequentemente, para o crescimento da produtividade das empresas”.

Pub