PUB

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, marcou presença, este sábado, dia 21 de janeiro, na cerimónia de inauguração das obras de requalificação da Quinta da Santa Casa da Misericórdia de Santo António de Lagoa – Açores.

Na cerimónia estiveram presentes os membros da mesa administrativa da Santa Casa da Misericórdia, representada pelo Provedor António Augusto Borges, e contando também com o presidente da União Regional das Misericórdias dos Açores (URMA), Bento Barcelos. A bênção da inauguração das obras foi realizada pelo pároco da Igreja Matriz de Lagoa, Eurico Caetano.

A quinta, também conhecida como “Quinta do Seminário”, fica situada na freguesia de Santa Cruz. As obras, agora concluídas, incluíram a recuperação de um antigo estábulo, convertido numa zona de criação de animais e para lazer, bem como foram recuperadas as estufas de ananases existentes. Além disso, a quinta contém várias terras de cultivo de legumes e outros vegetais e um pomar com árvores de fruto.

PUB

De acordo com a Presidente da Câmara de Lagoa, Cristina Calisto, a quinta da Santa Casa da Misericórdia de Santo António, “trata-se de uma importante área complementar que permitirá encontros intergeracionais e garantirá o abastecimento das várias valências que esta instituição gere”. Cristina Calisto reforçou, ainda, que “estas obras de requalificação da quinta da Santa Casa da Misericórdia vieram melhorar uma zona com grande significado e história para as gentes de Santa Cruz e do concelho da Lagoa”.

Na ocasião, a edil lagoense realçou “o papel e a importância das instituições de solidariedade social no concelho de Lagoa”, fazendo referência ao aumento em 120 mil euros no orçamento de 2023, para as instituições que prestem trabalho social direto às populações. “Esta é uma medida integrada no pacote de municipais destinadas a mitigar a diminuição do poder de compra das famílias e empresas lagoenses no próximo ano. Ainda no que diz respeito ao apoio às IPSSs do concelho, a Câmara Municipal de Lagoa apresenta uma verba total orçada em cerca de meio milhão de euros”, lembrou Cristina Calisto.

Na zona da quinta irá, também, nascer o novo Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão (CACI) da Santa Casa da Misericórdia de Santo António de Lagoa – Açores, cuja primeira pedra será lançada no decurso do ano de 2023.

Pub