Pub

O espetáculo “Ilhas” tem estreia nacional no próximo dia 10 de dezembro, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, estando marcada para o dia seguinte, 11 de dezembro, uma segunda sessão.

Trata-se de um espetáculo cujos pressupostos conceptuais de construção assentam na exploração das linguagens gestual, plástica e musical, visando – através de um olhar subjetivado e sem o recurso à palavra como principal veículo de comunicação cénica – tornar expressivo um universo inspirado no arquipélago dos AÇORES.

 

Transformar em matéria cénica a singularidade identitária deste território português, conseguir criar um modo de comunicar inspirada nos seus hábitos, ritos e mitos, é o desafio de mais esta criação do Teatro Meridional inserida no Projeto Províncias, de onde nasceram os espetáculos PARA ALÉM DO TEJO (2004), POR DETRÁS DOS MONTES (2006), POR CAUSA DA MURALHA, NEM SEMPRE SE CONSEGUE VER A LUA (2012) e CA_MINHO (2019).

Este espetáculo é coproduzido pelo Teatro Nacional D. Maria II e pelo Teatro Micaelense, contando com encenação de Miguel Seabra e interpretação de Ana Santos, David Medeiros, Emanuel Arada, Joana de Verona, Miguel Damião e Rosinda Costa.

Em janeiro de 2022, está programada a sua apresentação no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa.

É apoiado pelo Governo dos Açores / Direção Regional da Cultura e da Direção Regional do Turismo, Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, Câmara Municipal de Ponta Delgada, Angra do Heroísmo, BPI / Fundação ”la Caixa”, do Grupo EDA e da WAYZOR (Grupo Bensaúde).

Os bilhetes têm um custo de 10€ e estão disponíveis na bilheteira do Teatro Micaelense, ou, online, em teatromicaelense.bol.pt

No dia 8 de dezembro (amanhã, 4ª feira) a bilheteira do Teatro Micaelense estará aberta, havendo desconto de 50% em todos segundos bilhetes comprados para assistir a este e a todos os espetáculos de dezembro.

Pub