Pub

A Deputada da Iniciativa Liberal na Assembleia Municipal de Ponta Delgada, Alexandra Cunha, entregou, esta quarta-feira, à Presidente da Mesa da Assembleia Municipal um requerimento a solicitar esclarecimentos sobre o que designa por “problemática da utilização do Estádio Municipal Marquês Jácome Correia”, exigindo uma atualização dos critérios de cedência do recinto, “de acordo com o número de atletas, número de escalões e número de equipas de cada agremiação”.

Alexandra Cunha

“A problemática da utilização do Estádio Municipal Marquês Jácome Correia é uma situação recorrente no início de cada época desportiva”, começa por referir a eleita liberal, apontando a repetida situação verificada no arranque de cada época desportiva de “escassez de espaço e de tempos de utilização para todos intervenientes e interessados”.

Frisando que todos os clubes que necessitam utilizar aquele recinto desportivo municipal “têm todo o interesse que exista justiça, equidade e ponderação na atribuição dos espaços, de acordo com o número de atletas, número de escalões, bem como o número de equipas de cada agremiação”, Alexandra Cunha critica o facto de “a utilização das instalações continuar a ser feita ainda em moldes copiados de anos passados, não refletindo a realidade desportiva atual, ao nível da modalidade do futebol”.

A Deputada Municipal da IL sublinha que “é fácil” à Câmara Municipal de Ponta Delgada gerir a disponibilidade de utilização do espaço e dos tempos pelas diferentes coletividades interessadas, apontando que “o Município, através da análise das candidaturas aos contratos programas, no âmbito do Plano Municipal de Apoio ao Desporto, têm acesso a toda a informação relevante”.

Pub