Pub

Num painel dedicado ao “Poder Local Democrático nos Açores”, em que participaram, para além do deputado da Iniciativa Liberal, deputados do CDS, PS e PSD, Nuno Barata reforçou a importância dos Autarcas de Freguesia no panorama da gestão da coisa pública, referindo que um Presidente de Junta de Freguesia é  a linha da frente da politica e muitas vezes o mais  “esquecido” e o menos acompanhado e acarinhado pelos poderes superiores, sejam eles do município, dos Governos Regionais ou mesmo da República.

Nuno Barata manifestou ainda a importância de se proceder a uma alteração do Estatuto do Eleito Local, ser promovida uma revisão profunda e adaptação da legislação referente à delegação de competências e ainda uma reforma da lei do financiamento das Autarquias Locais, nomeadamente no que concerne às juntas de freguesia.

Neste encontro de autarcas de freguesias, que contou com a presença de cerca de 80 presidentes, secretários e tesoureiros de juntas de freguesia e ainda com o  Coordenador Regional da ANAFRE, Sr. Jaime Rita e o Presidente da ANAFRE Nacional, Jorge Veloso e para o qual foram convidadas todas as bancadas parlamentares, mas apenas se fizeram representar o PS,PSD CDS e IL, o Deputado Liberal  frisou  a necessidade, aliás convergente, de urgentemente se promover uma revisão e propostas de alteração às peças legislativas mais importantes, no que concerne aos assuntos relacionados com as Autarquias Locais, nomeadamente, Lei de Financiamento das Autarquias Locais e Lei da Definição de Competências (Lei n.º 50/2018) e a revisão do Estatuto do Eleito Local.

O Deputado Nuno Barata esteve ainda de visita oficial à Ilha Terceira, a segunda no espaço de 2 meses, onde se encontrou com empresários, autarcas e agricultores.

Pub

Da parte das empresas o Deputado Liberal recebeu manifestações de preocupação pela falta de mão-de-obra, em especial nos sectores da construção civil e do alojamento e restauração. Nesse sentido o Deputado da Iniciativa Liberal salientou a necessidade de ser feito um esforço na qualificação dos ativos e uma reconversão de outros que têm estado fora do mercado de trabalho. “Não faz sentido falar de falta de mão-de-obra em ilhas onde existem desempregados inscritos nos centros de emprego”, salientou Nuno Barata. O que faz falta é qualificar os desempregados por forma a que estejam habilitados a desenvolver atividade nas áreas que estão a sofrer com falta de mão-de-obra”, adiantou ainda o único Deputado na Iniciativa Liberal nos Açores.

Em outubro de 2020 a Iniciativa Liberal elegeu um Deputado para o Parlamento dos Açores pelo círculo de Compensação com votos dos eleitores dos círculos eleitorais de São Miguel e Terceira. Ao longo deste mandato Nuno Barata, o Deputado eleito, tem demonstrado a verdadeira essência de um Deputado Regional, defendendo assuntos que são transversais a todas as Ilhas e agitando assuntos que se têm arrastado ao longo de anos de inercia dos governos de PPD/PSD que governaram os Açores entre 1972 e 1996 e Partido Socialista que governou entre 1996 e 2020.

Pub