Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

Um homem de 51 anos foi identificado por alegados maus-tratos a animais de companhia, que acabaram por ser “resgatados num terreno”, na freguesia de Candelária, na ilha do Pico, nos Açores, anunciou hoje a GNR.

De acordo com um comunicado, esta ação foi realizada em colaboração com a Câmara Municipal da Madalena, na terça-feira, na sequência de uma ocorrência envolvendo uma situação relacionada com maus-tratos a animais de companhia.

Na ocasião, os militares “resgataram dois canídeos do interior de um terreno anexo a uma moradia, naquela freguesia, que eram alvo de maus-tratos”, revela a GNR.

A GNR adianta que “foi possível apurar que os canídeos não se encontravam identificados eletronicamente com ‘chip’, não possuíam vacinação antirrábica obrigatória, nem estavam registados na respetiva junta de freguesia”.

Na sequência da ocorrência, foi elaborado um auto de notícia por maus-tratos a animais de companhia e dois autos de contraordenação por falta de deveres do detentor, que foram remetidos às entidades competentes. Os canídeos vão ser sujeitos a um período de quarentena e estarão depois “disponíveis para adoção”.

 

Pub