PUB

Um homem ficou em prisão preventiva, nos Açores, após ter sido detido “por fortes indícios” de crimes de violação, sequestro e de violência doméstica contra a ex-namorada, revelou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com o Departamento de Investigação Criminal dos Açores da PJ, os factos ocorreram “numa ilha do grupo Oriental”, composto por São Miguel e Santa Maria, do arquipélago açoriano.

Em comunicado de imprensa, a PJ explica que o homem, de 43 anos, abordou a vítima, de 40 anos, com “o pretexto de tratar de assuntos de interesse comum”, tendo conduzido a ex-namorada para “uma garagem improvisada” numa “oficina-auto”.

PUB

Já no local, terá ocorrido uma discussão motivada por ciúmes e o homem terá agredido sexualmente a mulher, “mantendo-a privada da liberdade até à madrugada do dia seguinte”, segundo a PJ.

A polícia adianta que o detido já tem “antecedentes criminais por crime de violência doméstica” e, após presente a primeiro interrogatório judicial, ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva.

Pub