Pub

De acordo com os dados do Barómetro de Crédito Habitação do ComparaJá 2021, 47% dos açorianos que utilizaram a plataforma gratuita para escolher um crédito habitação no primeiro semestre de 2021 optaram por uma habitação com três quartos. Esta é também uma preferência nacional e os Açores não fogem à regra.

É também de destacar que 7 em cada 10 créditos açorianos no ComparaJá têm a finalidade de adquirir uma casa. Os restantes são direcionados à construção ou à transferência de crédito. Curiosamente, os Açores têm uma percentagem bastante significativa (13%) na categoria de montante pedido entre os 175 e os 225 mil euros.

Um outro dado digno de registo tem que ver com o prazo aplicado pelos açorianos no crédito habitação. 54% das pessoas que vivem no Açores e que utilizaram o ComparaJá irão pagar os respetivos empréstimos entre os 36 e os 40 anos, cumprindo assim a ‘regra’ nacional e o máximo permitido pela banca portuguesa.

Curiosamente, o distrito dos Açores tem a terceira maior percentagem de empréstimos para habitações de pessoas que possuem apenas o ensino básico. Superado apenas por Viana do Castelo e por Portalegre, 24% dos açorianos cumpriu apenas o primeiro nível de ensino.

Pub

Estes são alguns dados conclusivos da segunda edição do  Barómetro de Crédito Habitação que o ComparaJá promove com o intuito de destacar e premiar as respetivas entidades bancárias em determinadas categorias. Para este estudo foram utilizados os perfis dos 11 mil utilizadores da plataforma no primeiro semestre de 2021.

 

Pub