Gualberto Rita quer que seja prioritário a promoção dos cursos de marinheiro-pescador e de condução de motores

A Federação das Pescas dos Açores (FPA) reuniu ontem, no Faial, com a direção da Escola do Mar dos Açores, em conjunto com a Direção Regional dos Assuntos do Mar e com a Direção Regional das Pescas, para se abordar de forma concertada, o apoio da Escola à formação dos profissionais da pesca.

Este encontro surgiu da importância que a Escola do Mar deve ter na qualificação de pescadores e armadores através de formações específicas, em conformidade com o trabalho que a FPA tem vindo a realizar na formação dos profissionais do setor, tendo em conta que um dos fatores que mais condiciona o desenvolvimento da pesca é o do baixo nível de qualificação.

Na reunião, o Presidente da FPA, Gualberto Rita, destacou como prioridade a promoção dos cursos de marinheiro-pescador e de condução de motores.

Acrescentou ainda, a necessidade de serem criados cursos de curta duração, direcionados às empresas de pesca, como por exemplo, de informática, sustentabilidade das pescarias, manuseamento do pescado, estiva e conservação do pescado, higiene e segurança a bordo.

No seguimento deste encontro, a FPA irá realizar, em conjunto com as suas associadas, uma recolha das atuais e futuras necessidades formativas para o nosso setor e continuará a trabalhar para que o Governo Regional garanta uma estratégia de ensino e formação que consiga responder aos problemas do setor.