PUB

O grupo SATA, que detém as operadoras Azores Airlines e Sata Air Açores, foi distinguido com o Prémio da Associação Portuguesa da Qualidade (APQ), anunciou hoje a empresa em nota de imprensa.

Segundo a SATA, a cerimónia de entrega do Prémio realizou-se em Ponta Delgada, no âmbito das VII Jornadas Regionais da Qualidade.

PUB

A APQ, através da delegação regional dos Açores, premeia entidades ou pessoas “cujo desempenho profissional se tenha pautado por um conjunto de características distintivas, designadamente de liderança, profissionalismo, ética e competência e que tenham contribuído para a promoção e evolução da qualidade nos Açores”.

De acordo com o grupo açoriano, “foi neste contexto que o trabalho desenvolvido pelos profissionais do grupo SATA, em particular a área de operações terrestres, foi merecedor do Prémio José Carlos Dâmaso, uma distinção que homenageia aquele que foi uma referência no domínio da qualidade no arquipélago dos Açores”.

“A distinção veio confirmar a qualidade dos processos adotados e do trabalho realizado pela direção de operações terrestres do grupo SATA”, aponta o grupo.

Ainda segundo a empresa, a avaliação foi feita por um júri pluridisciplinar e com base nos contributos dos candidatos relacionados com a qualidade, nível de gestão, inovação, promoção e divulgação e na aplicação de conceitos.

“Terá sido considerado relevante para a atribuição do galardão, o facto de ter sido constatado que, apesar dos enormes desafios que se colocaram ao setor da aviação, e enquanto muitas empresas pararam as suas atividades, no grupo SATA, as equipas aproveitaram a pausa para traçar planos de mudança, para inovar e implementar processos que permitiram efetivas melhorias no serviço prestado”, salienta a SATA na nota.

O grupo destaca ainda a “capacidade de despacho mais rápido dos voos assistidos, com implicações muito positivas na pontualidade das companhias aéreas” e o facto de terem sido criadas soluções para a área de serviços de assistência em terra, “assentes em aplicações tecnológicas desenvolvidas pelas equipas da área de sistemas de informação do grupo SATA”.

Pub