Greve dos trabalhadores da Atlânticoline desconvocada

A greve dos trabalhadores da Atlânticoline, empresa pública de transporte marítimo de passageiros e viaturas dos Açores, com início previsto para as 00:00 de sexta-feira, foi desconvocada, depois de uma reunião de várias horas entre sindicado e administração.

“A greve foi desconvocada. As partes acordaram em matéria divergente”, adiantou, em declarações à Lusa, Clarimundo Batista, membro da direção nacional do Sindicato dos Trabalhadores da Marinha Mercante Agentes de Viagem, Transitários e Pesca (SIMAMEVIP).

Segundo o sindicalista, os trabalhadores da Atlânticoline terão um aumento salarial, num valor acordado entre sindicato e administração da empresa, que não foi revelado.

A greve dos trabalhadores da Atlânticoline, que decorreria entre as 00:00 de sexta-feira e as 24:00 de domingo, seria a quarta desde 20 de maio.

O sindicato reivindicava aumentos dos vencimentos de 690,10 para 790 euros.

Já o presidente do conselho de administração, Carlos Faias, alegava que a Atlânticoline não podia aceitar valores “fora dos limites económico financeiros possíveis sustentáveis por parte da empresa”.