O presidente do Sindicato Democrático dos Professores dos Açores (SDPA), José Pedro Gaspar disse que esta greve foi decretada “porque o Governo Regional mostrou sempre indisponibilidade para negociar questões da carreira docente na região que resultam em perdas salariais para os professores”.