Grande Festival de Folclore da Relva é motivo de orgulho para Ponta Delgada

O Presidente da Câmara Municipal afirmou ontem que o Grande Festival de Folclore da Relva é motivo de orgulho para Ponta Delgada.

José Manuel Bolieiro falava, no Centro Cívico e Cultural da Relva, no lançamento do álbum “O Grande Festival de Folclore da Relva: 25 Anos | 26 Festivais”, editado com o apoio da Câmara Municipal.

O edil sustentou que “a simbólica das datas motiva o resgate de memórias, de motivações, causas e realizações, que enaltecem, com justiça, os fundacionais e todos os que tornaram possível um legado que honra quem o produziu e responsabiliza quem o pode dar continuidade”.

Acrescentou ser “importante fazer o registo quotidiano do que fizemos”, para memória futura, e expressou a sua satisfação pelo facto de o desafio por si lançado – fazer o registo dos 25 anos do festival, que prestigia a Freguesia de Relva e o Grupo Folclórico de Cantares e Balhados da Relva –  ter sido “aceite e bem cumprido”.

“Este álbum, “O Grande Festival de Folclore da Relva: 25 Anos | 26 Festivais”, apresenta-se como um elemento essencial para a preservação da memória e identidade coletiva. Esta edição é mais um contributo para o reconhecimento da identidade cultural de Ponta Delgada”, apontou o Presidente, lembrando que “Ponta Delgada tem muito para oferecer a quem visita o concelho, numa riqueza que não se esgota na beleza das paisagens naturais, mas, antes, prima pela oportunidade de experiências culturais ímpares”.

E o Festival de Folclore da Relva tem, “fruto de muito trabalho”, fomentado o intercâmbio, a partilha e o encontro com diversos grupos da Região, do País e do Mundo e a exibição de talentos.

Bolieiro felicitou, em nome pessoal e do Município, a Junta de Freguesia de Relva e o Grupo Folclórico de Cantares e Balhados da Relva, pela iniciativa que permite um resgate de memórias sobre tantas realizações e orgulha quem promoveu e motiva quem lhes quer dar continuidade.

Destacou, ainda, o dinamismo das forças vivas da freguesia da Relva, que são “um bom exemplo para os Açores e para Portugal”.

A cerimónia de lançamento do álbum “O Grande Festival de Folclore da Relva: 25 Anos | 26 Festivais” foi abrilhantada por um grupo da Escola de Violas da Relva e por cantadores.

A obra foi apresentada pelo historiador José de Almeida Mello e contou com as intervenções da Presidente do Grupo Folclórico de Cantares e Balhados da Relva, Ione Rebelo, e do Presidente da Junta de Freguesia, Pedro Melo.

Ione Rebelo e Pedro Melo congratularam-se pelo repto lançado por José Manuel Bolieiro.