“Está comprovado que o Governo Regional está literalmente a roubar os bolsos dos açorianos no preço dos combustíveis. Para que sejam retiradas consequências políticas desta situação, o nosso grupo parlamentar agendou um debate de urgência no próximo plenário da Assembleia Legislativa”, disse o líder do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio, num encontro com militantes, no sábado, na ilha do Pico, na freguesia de Santa Luzia.

Citado numa nota de imprensa divulgada pelo partido, o líder regional do PSD refere que o Governo Regional socialista “prometeu há sete anos que os açorianos iriam pagar pelos combustíveis um preço 10 por cento mais barato do que no continente” e “tendo até feito legislação nesse sentido”, lê-se ainda no mesmo comunicado.

“Passados sete anos, os açorianos estão a pagar a gasolina 12 cêntimos mais cara e o gasóleo 5 cêntimos mais caros, porque o Governo Regional não cumpre a legislação regional”, sustentou Alexandre Gaudêncio, acrescentando que o executivo regional “está a fazer uma cobrança ilegal do Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos (ISP)”.

Segundo o líder do PSD/Açores, “este mês de fevereiro os açorianos estão a pagar 42 cêntimos de imposto por litro de gasóleo, quando uma lei nacional diz que o máximo é 40 cêntimos”.