Governo Regional reforça oferta formativa para potenciar empregabilidade dos Açorianos

A Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional reiterou, em Ponta Delgada, que a qualificação dos Açorianos é “indispensável para a promoção da empregabilidade”, considerando que neste processo é importante trabalhar em conjunto com as escolas profissionais e os parceiros sociais da Região.

“O Governo dos Açores vai continuar a apostar nas qualificações dos Açorianos, reforçando e diversificando a oferta de cursos de formação profissional, procurando equilibrar as necessidades do mercado com os interesses e aptidões dos jovens”, afirmou Paula Andrade, que falava no final de uma reunião com responsáveis de todas as escolas profissionais do arquipélago e com representantes dos setores da agricultura, turismo e construção civil.

“É importante ouvir os principais setores da nossa economia e quem trabalha diariamente nas escolas no sentido de se identificarem, em primeiro lugar, as necessidades formativas para, em segundo, definir uma estratégia que debele de uma forma estruturada eventuais insuficiências de formação nestas áreas”, frisou.

A Diretora Regional sublinhou que “a agricultura, o turismo e a construção civil são setores de vital importância para a economia açoriana e para a criação de mais e melhor emprego”.

Neste encontro, que serviu para a apresentação da oferta formativa para o ano letivo 2019/2020, que abrange o ensino profissional, o programa Reativar e a formação de ativos, Paula Andrade salientou que o Executivo “pretende, assim, dar uma resposta ampla e concreta aos desempregados, jovens e ativos da Região”.

Para a Diretora Regional, a qualificação dos Açorianos “é indispensável para a promoção da empregabilidade e, por consequência, para o desenvolvimento económico e social dos Açores”.

“Ficou demonstrado, mais uma vez, que o Governo está ao lado dos empresários açorianos, percebendo as dificuldades e procurando as soluções”, afirmou Paula Andrade.

Partilha