O Presidente do Governo Regional anunciou hoje, em Ponta Delgada, que o Executivo açoriano vai criar um pacote de apoios para a modernização da indústria de laticínios dos Açores.

“Estamos a promover os processos para abrir as candidaturas a apoios à indústria para a sua modernização, a partir do mês de junho”, declarou José Manuel Bolieiro, no Palácio de Sant´Ana, após uma audiência com a Direção da Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL).

O Presidente do Governo salientou a importância do “diálogo e da concertação entre os vários segmentos desta indústria”, de forma a criar um espaço de relacionamento entre fileiras.

“O aumento de rendimentos do setor dos laticínios nos Açores faz-se, com certeza, por uma racionalização dos custos de contexto, quer na produção, quer na indústria, quer eventualmente na comercialização, como também no potencial de introduzir valor acrescentado ao produto, para que o rendimento possa ser superior e redistribuído”, considerou.

Nesse sentido, assegurou que vai encarregar o titular da pasta da Agricultura “de encontrar no Centro Açoriano de Leite e Laticínios esta plataforma de entendimento, dando-lhe novas dinâmicas sobre como promover o estudo sobre o leite”.

À margem da audiência, José Manuel Bolieiro endereçou, em nome pessoal e do Governo, as maiores felicidades ao embaixador Pedro Catarino, que foi reconduzido no cargo de Representante da República para os Açores, manifestando “total empenho na cooperação com o Representante da República”.

O Presidente do Governo garantiu também que “já está concertado entre nós e o Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, a forma de trabalho sobre a revisão do quadro da autonomia e da descentralização no país”.

O chefe do Executivo açoriano acrescentou ainda que já recebeu um convite por parte do Presidente do Governo Regional da Madeira para promover uma Cimeira Atlântica naquela região autónoma”, mas que devido à pandemia essa iniciativa foi adiada.