Governo Regional investe este ano 6,5 milhões de euros em caminhos rurais e florestais

A Diretora Regional dos Recursos Florestais afirmou hoje que, este ano, serão investidos 6,5 milhões de euros na construção e beneficiação de mais de 41 quilómetros de caminhos rurais e florestais em várias ilhas dos Açores, contribuindo para melhorar a acessibilidade, a competitividade e o rendimento dos agricultores.

“Durante o ano de 2019 vão ser concluídos vários processos de investimento iniciados no ano passado e iniciadas obras consideradas de investimento prioritário em infraestruturas agrícolas”, salientou Anabela Isidoro, que falava na assinatura da consignação da obra do Caminho Rural dos Remédios da Bretanha, no concelho de Ponta Delgada.

Anabela Isidoro considerou que estão em causa “investimentos reprodutivos”, que proporcionam o aumento da segurança rodoviária, a melhoria do acesso às explorações e uma maior competitividade e rendimentos.

A Direção Regional dos Recursos Florestais tem a seu cargo uma rede de caminhos de 1.417 quilómetros, metade dos quais pavimentados.

Os investimentos realizados nos últimos cinco anos permitiram beneficiar cerca de 12.700 explorações agrícolas.

“Mais de 85% do total da rede de caminhos sob gestão da Direção Regional dos Recursos Florestais sofreu intervenções no último ano, desde manutenções, conservações, limpeza e melhoria dos pavimentos”, salientou Anabela Isidoro, acrescentando que “há uma atenção e um cuidado permanente com a rede viária rural e florestal nos Açores”.

Relativamente ao Caminho Rural dos Remédios da Bretanha, com uma extensão de dois quilómetros, a Diretora Regional frisou que a obra representa um investimento de cerca de 513 mil euros.

A intervenção, a cargo da empresa Albano Vieira, contempla a pavimentação e a implementação de um sistema de drenagem.