“Governo e Câmara da Horta determinantes para responder aos prejuízos provocados pelo Lorenzo”  

“A audição do Presidente da Câmara Municipal da Horta permitiu confirmar que as entidades regionais agiram com rapidez e eficácia, quer nas medidas de prevenção, quer nas ações mais urgentes e agora, na fase de recuperação dos prejuízos causados pela passagem do Furacão Lorenzo pelos Açores e em concreto pela ilha do Faial”, destacou o deputado Tiago Branco, esta terça-feira.

Na sequência das audições que estão a ser realizadas pelos deputados da Assembleia dos Açores, no Grupo de Trabalho dedicado a acompanhar o processo de recuperação dos estragos provocados pelo Furacão Lorenzo, foram analisadas as medidas tomadas previamente, as ações de socorro mais urgentes e o processo que está em curso para recuperar os estragos. “É notória a importância da boa articulação que existiu e existe entre o Governo dos Açores e a Câmara Municipal da Horta”, acrescentou o deputado do PS/Açores.

Tiago Branco salientou “o trabalho desenvolvido pelos agentes da proteção civil municipal e regional quer na preparação para a passagem do Furacão, quer quando se fizeram sentir os efeitos com mais intensidade que, felizmente, não provocaram vítimas humanas, mostrando estar preparada para responder a intempéries como a que se fez sentir em outubro passado”.

“As questões relacionadas com as habitações que ficaram danificadas e com os estabelecimentos comerciais, foram desde logo encaradas como prioridade e estão praticamente resolvidas”, lembrou o deputado do PS/Açores, considerando que “houve necessidade de adiar algumas intervenções por causa da pandemia que afetou o mundo” e admitindo que “há sempre melhorias que podem ser feitas nos procedimentos, quer os que já estão em curso quer os que estão previstos”.

Tiago Branco salientou, ainda, “o empenho do Governo dos Açores e da Câmara da Horta para repor a normalidade o mais rápido, aproveitando inclusive para ir mais além em algumas intervenções” e elogiou a prontidão do Governo da República que, contrariamente ao que aconteceu no passado com o Governo do PSD, agora garantiu apoio para recuperação”.