Pub

A freguesia de Rabo de Peixe, com cerca de 10 mil habitantes e localizada no concelho da Ribeira Grande, ilha de São Miguel, já esteve este ano cerca de dois meses sujeita a uma cerca sanitária, e agora vai ser alvo de uma “intervenção cirúrgica” que contempla o encerramento de escolas, restaurantes, cafés e tabernas locais.

Segundo a mesma fonte, além do encerramento destes espaços, a PSP vai reforçar a sua presença na vila piscatória, a par da intervenção de equipas multidisciplinares, sendo imposto também um recolher obrigatório durante a semana e o fim de semana.

O secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, dá esta tarde a habitual conferência de imprensa para fazer um ponto de situação do combate à pandemia da Covid-19 nos Açores e anunciar medidas.

A 11 de março, o Governo dos Açores anunciou que decidiu levantar a cerca sanitária na vila, que vigorava desde 15 de janeiro, mas aumentou as medidas de contenção no concelho da Ribeira Grande para “alto risco”.

Pub

Na quarta-feira, Rabo de Peixe registava 72 casos de Covid-19, sendo a localidade da ilha de São Miguel e dos Açores com mais casos registados.

Os casos vieram a aumentar nos últimos dias, contrariamente aos números registados na região, que revelam uma tendência de descida, segundo a Autoridade Regional de Saúde.

Pub