Governo dos Açores vai investir no próximo ano mais de 3 ME no reforço do abastecimento de água à agricultura

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje que o Governo dos Açores vai investir, no próximo ano, mais de três milhões de euros no reforço do abastecimento de água à agricultura, contribuindo assim para a melhoria das condições de acessibilidade deste importante recurso por parte dos agricultores, para a redução de custos nas explorações agrícolas e para a melhoria da sua competitividade.

“O Governo Regional está atento às necessidades do setor agrícola, daí que no Plano para 2019 mais de 30% dos 11 milhões de euros que serão investidos nas infraestruturas agrícolas serão direcionadas para obras de captação, reforço do armazenamento e ampliação das redes de abastecimento de água”, adiantou João Ponte, que falava na apresentação do projeto relativo à execução do sistema de abastecimento de água da Ribeira de Água d’ Alto, no âmbito da visita do Executivo à ilha de São Miguel.

O governante salientou que a primeira fase desta obra, na zona central da ilha, representa um investimento de 1,3 milhões de euros e vai beneficiar cerca de 250 agricultores, numa área com 4.000 hectares.

Para João Ponte, trata-se de “um projeto estruturante”, que vai beneficiar não só o concelho de Vila Franca do Campo, mas também o concelho da Ribeira Grande, pois vai permitir disponibilizar mais água aos agricultores que desenvolvem a sua atividade na zona central da ilha de São Miguel, o que terá um impacto muito positivo nas explorações agrícolas.

“A água é um bem essencial para o bom desempenho numa exploração agrícola. Apesar de todo o investimento que o Governo dos Açores já efetuou nesta área, é necessário prosseguir”, referiu o Secretário Regional.

João Ponte destacou ainda a visão estratégica da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo em colaborar com o Governo dos Açores neste projeto, pois revela que valoriza a importância do setor agrícola na economia municipal e regional e contribui de forma ativa para melhorar o desempenho diários dos agricultores, para tornar o setor mais competitivo e aumentar o rendimento.

Relativamente à obra, que será levada a cabo pela IROA, localiza-se no Perímetro de Ordenamento Agrário (POA) da zona central da ilha de São Miguel, onde foi identificada a necessidade do reforço do abastecimento de água.

Em concreto, a intervenção prevê a captação dos excedentes do caudal da Ribeira de Água d´Alto a partir do açude existente, que pertence à Câmara Municipal de Vila Franca do Campo e que não é utilizada para o abastecimento público.

A água captada será transportada até ao Reservatório da Roça Velha, que serve as explorações agrícolas das freguesias da Ribeira das Tainhas e de Ponta Garça.

João Ponte adiantou ainda que no próximo ano, só na ilha de São Miguel, serão investidos dois milhões de euros no reforço do abastecimento de água à agricultura.

O governante frisou que a IROA está a desenvolver para São Miguel, Santa Maria, Pico, São Jorge e Graciosa uma avaliação rigorosa das necessidades de água para abastecimento às explorações, com vista a implementar um plano de ação, com investimentos para a próxima década.

Um trabalho que é desenvolvido em parceria com os municípios e associações de agricultores, e contará ainda com a colaboração de técnicos especialistas em hidrologia.