Governo dos Açores vai focar colaboração com a PSP nas infraestruturas

O presidente do Governo Regional dos Açores declarou hoje que a colaboração financeira com a PSP no arquipélago vai ter continuidade, mas com o foco centrado nas infraestruturas existentes na região.

Vasco Cordeiro considerou que se assistiu a uma “fase intensa em termos de equipamentos”, referindo que este é um “contributo para que uma das regiões mais seguras do país o continue a ser”.

O líder do executivo açoriano falava aos jornalistas no final de uma audiência de cumprimentos ao comandante regional dos Açores da PSP, Luís Viana, no Palácio de Santana, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

Recordando que as forças de segurança nos Açores são uma competência do Estado, Vasco Cordeiro referiu que “tem havido uma atenção e cuidado particular quanto ao reforço de meios humanos para essas forças, e também para a PSP”, o que “tem sido evidente nos últimos anos”.

O governante disse que se verificou por parte dos Açores um reforço muito significativo de viaturas (cerca de 50), por exemplo”, no âmbito do protocolo existente entre ambas as partes.

O novo comandante regional dos Açores da PSP declarou, por seu turno, que se vai “tentar, com base naquilo que são os meios ao alcance da PSP, encontrar as soluções de maior equilíbrio” para operar nos Açores, em parceria com os governos regional e nacional.

Luís Viana espera que sejam encontradas áreas além das já identificadas para que a colaboração com o Governo Regional “possa ser benéfica” para a população.