O Governo dos Açores vai reabilitar um troço de mais de 10 quilómetros da Estrada Regional N.º 1 – 2.ª, entre a Ribeira do Cabo e o Largo Jaime de Melo, no Faial, recorrendo apenas a verba do Orçamento da Região.

Na cerimónia de assinatura do contrato da empreitada, adjudicada ao consórcio Tecnovia Açores/Sacyr-Ediçor, a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas frisou que, neste caso, “estamos perante uma situação em que o empenho do Governo dos Açores ainda é mais notório, uma vez que este investimento será assumido na íntegra pelo orçamento regional”.

“O anterior Governo da República não considerou como prioritários os investimentos em estradas, o que, na prática, quer dizer que estávamos impedidos de recorrer a fundos comunitários para realizar este investimento e tivemos que o assumir, na íntegra, no orçamento regional”, frisou Ana Cunha nesta cerimónia, integrada na visita do Governo à ilha do Faial.

A titular da pasta das Obras Públicas salientou que esta foi, aliás, “uma das razões porque esta situação se arrastou muito mais do que aquilo que era desejável”.

“Mesmo assim, gostava de realçar que estamos aqui para avançar com a empreitada e, isso sim, é o momento positivo, que vai levar à reabilitação deste troço”, sublinhou Ana Cunha, referindo ainda que este é “um investimento que ultrapassa os dois milhões de euros e tem um prazo de execução de pouco mais de 700 dias”.

A empreitada vai “permitir a reabilitação de mais de 10 quilómetros de estrada, bem como a recapacitação da rede de drenagem de águas pluviais e a beneficiação da sinalização horizontal e vertical. Garante também uma melhoria da ligação entre as freguesias do Capelo e dos Flamengos, com mais segurança e comodidade, e beneficia também uma área importante da produção desta ilha”, disse a Secretária Regional.