O presidente do Governo dos Açores desejou hoje “motivação para o desempenho” a Pedro Catarino, que vai ser reconduzido nas funções de representante da República na região, estando disponível para uma “frutuosa colaboração”.

José Manuel Boleiro, à margem de uma audiência no palácio de Sant’Ana, declarou aos jornalistas que deseja ao representante da República para os Açores as “maiores felicidades e motivação para o desempenho do cargo”, havendo “total empenho por parte do Governo Regional para uma frutuosa cooperação, que nesta curta vida deste décimo terceiro Governo tem sido impecável”.

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, vai renovar os mandatos dos representantes da República nos Açores, o embaixador Pedro Catarino, e na Madeira, o juiz conselheiro Ireneu Barreto, disse esta sexta-feira à Lusa fonte de Belém.

Marcelo Rebelo de Sousa tinha agendada para esta sexta-feira uma deslocação às duas regiões autónomas, para se reunir com os representantes da República, presidentes dos governos e dos parlamentos regionais, mas que foi adiada devido às condições de vento na Madeira.

Questionado pelos jornalistas, o chefe do executivo açoriano e líder do PSD/Açores considerou que “uma coisa é a configuração constitucional relativamente à presença do Estado na integralidade territorial e o valor dos órgãos de governo próprio em autonomia política nas regiões autónomas”, que é “inequívoca por parte do PSD e consensual por parte dos partidos com assento parlamentar, e que tem a ver com um progressivo aumento de competências e poderes dos órgãos de governo próprio e a futura extinção do cargo“.

Uma coisa diferente é a existência constitucional do cargo, a importância de estar preenchido, a funcionar e a cooperar bem com os órgãos de governo próprio e, desde logo, o reconhecimento e a estima pessoal que tenho pelo embaixador Pedro Catarino”, afirmou.