Governo dos Açores investiu 25 milhões de euros na modernização das infraestruturas agrícolas nos últimos três anos

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, no Faial, que o Governo dos Açores investiu 25 milhões de euros nesta legislatura na construção de caminhos e no abastecimento de água e de eletricidade, investimentos estratégicos que contribuem para alavancar o desenvolvimento do setor agrícola, reduzir custos de produção, aumentar a eficiência das explorações e promover a coesão territorial e social.

“Trata-se de investimentos estratégicos que queremos continuar a fazer, num setor importante para a economia regional, que emanam uma mensagem muito clara de confiança no futuro do setor agrícola e que contribuem para alavancar a competitividade das explorações e a sua rentabilidade”, salientou João Ponte.

O Secretário Regional falava na assinatura do contrato da empreitada de construção e beneficiação do caminho agrícola da Fligueira, no Perímetro de Ordenamento Agrário (POA) Cedros/Salão, cerimónia que foi presidida pelo Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, e decorreu no âmbito da visita do Executivo à ilha do Faial.

O governante destacou que este investimento no caminho da Fligueira, a par de outro que será realizado este ano na remodelação do caminho do Juncal, e a beneficiação das redes de água no Faial mostram que o Governo Regional dá atenção igual a todas as ilhas.

“Este investimento deve ser visto na linha da nossa política de coesão territorial e social e, sobretudo, de dar igualdade de oportunidade aos agricultores, quer estejam numa pequena ou numa grande bacia leiteira”, disse João Ponte, acrescentando que o Faial, por exemplo, representa 2% da produção de leite regional e 7% da produção de carne.

Para João Ponte, estão em causa investimentos extremamente importantes para a melhoria do rendimento das explorações, para dar melhores condições de trabalho aos agricultores e, sobretudo, para melhorar a competitividade de um setor estratégico para o desenvolvimento da Região, através da criação de emprego e de riqueza, para que o setor agrícola nos Açores continue a ser uma referência no país.

O Secretário Regional destacou o trajeto muito positivo e de sucesso que a agricultura nos Açores tem feito e que resulta do empenho e da dedicação dos agricultores, mas também do trabalho de parceria que tem existido entre o Governo Regional e os diferentes agentes do setor para a definição de medidas políticas.

João Ponte recordou que o Governo Regional tem apoiado as associações, as organizações de produtores e as cooperativas pelo trabalho que prestam para a vitalidade do setor e da economia regional, algo que será para continuar no futuro, pois “se queremos uma agricultura mais forte, capaz de criar riqueza, temos de ter instituições sólidas e com os meios necessários para tal”.

Relativamente ao caminho agrícola da Fligueira, trata-se de um investimento superior a 350 mil euros, que prevê uma intervenção em cerca de dois quilómetros de extensão, beneficiando 200 hectares de superfície agrícola útil.