Governo dos Açores apoia associações de proteção de animais

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou hoje, na Horta, a aprovação de cinco candidaturas, no valor de 50 mil euros, que vão permitir às associações de defesa e proteção de animais fazer face a despesas com alimentação, vacinação, desparasitação, identificação eletrónica e tratamentos médico-veterinários dos animais que se encontram à sua guarda.

“Hoje foram aprovadas as primeiras cinco candidaturas no âmbito de um programa específico que o Governo Regional criou há poucos meses com vista a apoiar as associações na esterilização de animais”, afirmou João Ponte, em declarações no final de uma reunião com elementos da recém-criada ABRIGA – Associação Brigada Animal de Rua do Faial.

João Ponte salientou que, desta forma, o Governo Regional está a cumprir o compromisso assumido de reforçar o apoio a este tipo de associações, que desenvolvem “um trabalho voluntário muito meritório e importante não só na defesa, mas também na qualidade de vida dos animais”.

O Secretário Regional referiu que as cinco candidaturas agora aprovadas dizem respeito a associações de proteção de animais que atuam nas ilhas do Faial, Pico, Terceira e São Miguel.

“Estamos a dar um instrumento que será extremamente importante para o grande trabalho que tem sido feito por estas associações, agora mais vocacionado para as questões que têm a ver com a esterilização, mas também com a alimentação, vacinação e desparasitação”, afirmou.

João Ponte avançou ainda que, em breve, será assinado um contrato programa com a associação ABRIGA, tendo em vista a atribuição um apoio financeiro para a sua atividade.