Numa nota enviada às redações, o executivo açoriano adianta que o investimento pretende “reforçar com 375 metros cúbicos de água diários o abastecimento no Perímetro de Ordenamento Agrário da Zona Central de São Miguel, apoiando 253 explorações” numa extensão de 1.000 hectares.

“A empreitada, que se desenvolve no concelho de Vila Franca do Campo, consiste na captação de parte do caudal excedente da Ribeira de Água d’Alto até ao Reservatório da Roça Velha”, adianta ainda a mesma nota, acrescentando que “será construída uma adutora gravítica de 7,8 quilómetros, uma estação elevatória e uma adutora elevatória de 1,3 quilómetros”.

Ainda de acordo com a secretaria regional da Agricultura e Florestas, “em causa está a primeira fase de um projeto que tem por objetivo a ligação da Ribeira de Água d´Alto ao complexo de abastecimento de água à pecuária das Lagoas das Contendas”.

“O caudal permanente desta ribeira permitirá garantir a entrada de um caudal constante naquelas lagoas, principalmente nos meses mais secos em que as necessidades de água são mais significativas”, explica o texto.

O concurso público para a empreitada de construção do sistema de abastecimento de água da Ribeira de Água d’Alto foi lançado através do IROA (Instituto Regional de Ordenamento Agrário).