Governo britânico reitera compromisso de cumprir saída a 31 de outubro

O “número dois” do governo britânico, Michael Gove, reiterou hoje o compromisso do Executivo em cumprir o “brexit” a 31 de outubro, apesar de ter enviado uma carta à União Europeia (UE) solicitando uma prorrogação.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, enviou no sábado à noite uma carta não assinada à UE solicitando um adiamento da saída britânica até ao final de janeiro do próximo ano, devido à chamada Lei de Benn, que entrou em vigor no sábado, com essa exigência.

Juntamente com essa missiva, o líder conservador enviou uma segunda carta assinada, na qual afirma não achar benéfico adiar o “divórcio” britânico para além de 31 de outubro.