PUB

O Governo dos Açores destacou hoje a evolução “significativa” da taxa de retenção e desistência escolar nos últimos dois anos, apesar de a região ter registado o valor mais elevado do país no ensino básico.

“Nos últimos dois anos, se excluirmos o ano 2019/20, o ano da pandemia que foi totalmente atípico, fizemos uma evolução muito significativa ao nível do ensino básico e do ensino secundário. Tivemos uma evolução de dois pontos percentuais no ensino básico e mais de cinco pontos percentuais no ensino secundário”, declarou a secretária da Educação do Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM) aos jornalistas, na ilha de Santa Maria, onde o executivo está a realizar uma visita estatutária.

Sofia Ribeiro reagia assim aos dados divulgados pelo Anuário Estatístico Regional – Informação estatística à escala regional e municipal de 2021, publicados pelo Instituto Nacional de Estatística.

PUB

Segundo aquele relatório, citado pela Antena 1/Açores, no ano letivo 2020/21 a taxa de retenção e desistência nas escolas do ensino básico da região foi de 9,9%, o valor mais alto do país.

O Anuário revela ainda que são os alunos do terceiro ciclo, entre o sétimo e o nono ano, que mais desistem da escola ou não conseguem transitar para o ano letivo seguinte, nos dados referentes ao arquipélago açoriano.

A secretária da Educação do Governo dos Açores, que tomou posse em novembro de 2020, destacou que a região tem vindo a “melhorar” as taxas de transição e reconheceu a necessidade de “continuar a trilhar esse caminho”.

“Os Açores têm vindo, no que concerne às taxas de transição, a melhorar a sua situação por referência há dez anos. (…) Mas o que é facto é que partimos de uma situação muito inferior. Continuamos ainda atrás e aquém das taxas de transição no resto de pais”, destacou.

Segundo aqueles dados, apenas oito dos 19 municípios dos Açores registaram taxas de retenção e desistência mais baixas do que a média nacional: Vila do Corvo, Santa Cruz e Lajes das Flores, Santa Cruz da Graciosa, Lajes e São Roque do Pico, Nordeste e Lagoa.

Pub