Pub

Na próxima sessão do Inspiral, que terá lugar no próximo sábado, dia 9 de fevereiro, pelas 21H00, no Núcleo Museológico Mercearia Central, em Água de Pau, alguns produtos gastronómicos da região terão um lugar de destaque.

Após a atuação do artista português Filipe Monteiro, mais conhecido por Tomara, haverá um momento de prova de cerveja artesanal açoriana «Korisca» e a degustação de aperitivos e compotas da «Pauferr», ambas as empresas sediadas na Lagoa, e, ainda, o Chá da Gorreana, produto típico da ilha de São Miguel.

O Inspiral, que teve a sua primeira sessão de 2019, no passado dia 9 de janeiro, com a atuação do artista nacional Dan Riverman, pretende cativar a atenção do público para os espaços e equipamentos culturais do concelho e contará, ainda este ano, com várias novas sessões, nomeadamente com as atuações de Tomara, Cristóvam, Sara Cruz e o italiano The Heart and The Void.

O músico que atuará na próxima sessão, em Água de Pau, Filipe Monteiro, aprendeu muito jovem a tocar piano, órgão e guitarra. Ainda adolescente, compôs vários temas originais para peças de teatro. Depois de algumas experiências em bandas de garagem, colaborou na formação dos Atomic Bees, que editaram um único registo, “Love Noises and Kisses”, onde Rita Redshoes, parte integrante do grupo, seguiu carreira a solo e Filipe Monteiro continuou a acompanhá-la nesse percurso.

Por outro lado, o artista concluiu o curso de Design de Comunicação, na Faculdade de Belas Artes, onde no domínio audiovisual, produziu e realizou videoclipes, DVD, documentários e desenhou a parte visual de alguns concertos de artistas como os Da Weasel, Paulo Furtado, David Fonseca, Rita Redshoes, António Zambujo e Márcia. No entanto, nunca deixou de trabalhar como músico, tendo arranjado e produzido discos de Rita Redshoes e de Márcia.

Tomara é a sua primeira obra em nome próprio, onde “Favourite Ghost” foi editado em setembro de 2017 e inclui os temas “Coffee and Toast” e “For No Reason”, que poderão ser ouvidos, ao vivo, a 9 de fevereiro no Inspiral.

Situada em Água de Pau, a Mercearia Central, adquirida pela Câmara Municipal de Lagoa, foi objeto de obras de consolidação e musealização, tendo sido mantido, ao nível do piso térreo, o antigo estabelecimento comercial, com o tradicional espaço de taberna contíguo, e, no primeiro andar, a habitação dos respetivos proprietários José Inácio Vieira Favela e Angelina da Conceição Reis.

Para a autarquia, a preservação dos testemunhos do passado solidifica o conhecimento da história lagoense e garante a sua herança para as gerações futuras, aqui representada através da vida do pequeno comércio local, sendo que, a mercearia e a taberna, são estabelecimentos que caracterizaram um “modus vivendi” que se manteve até aos finais do século XX.

A entrada para a 6ª sessão do Inspiral é gratuita, porém todos os interessados em participar deverão efetuar a sua reserva, através do seguinte link:http://reservas.inspiral-lagoa.pt/

Pub