Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

A segunda etapa oceânica da Regata da Autonomia liga as ilhas Terceira e Faial

A frota Atlantis Cup, composta por 25 embarcações, largou de Angra do Heroísmo ao início da tarde (sexta-feira) rumo à cidade da Horta.

A segunda e última etapa oceânica da edição 2022 liga as ilhas Terceira e Faial tendo a Atlantis Cup tido início na ilha de São Miguel (Ponta Delgada).

Ontem os velejadores que participam no Campeonato Regional de Vela de Cruzeiro (ORC) voltaram a medir forças.

Das três regatas técnicas previstas para serem realizadas junto à costa de Angra do Heroísmo, apenas foi efetuada uma. O vento fraco acabou por obrigar a frota a regressar à marina.

O mais rápido foi o “Pardal” de João Monteiro, que venceu a única regata do dia.

“Again X” de Luís Quintino lidera a classificação geral em ORC A depois de concluídas 5 regatas (quatro técnicas e uma oceânica). Em segundo lugar contínua o veleiro “Pardal”.

Em ORC B o “Allegro Vivace” de Duarte Barcelos continua a liderar, seguido pelo “Jolly Jumper” de Rui Terra.

Além da etapa oceânica que liga as ilhas Terceira e Faial, os velejadores vão disputar na cidade da Horta mais três regatas técnicas, decisivas para apurar os vencedores do Campeonato Regional de Vela de Cruzeiro.

A Atlantis Cup 2022 é organizada pelo Clube Naval da Horta, em parceria com o Clube Naval de Ponta Delgada, Angra Iate Clube e Clube Náutico de Ponta Delgada.

A Regata da Autonomia tem o Alto Patrocínio da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

Pub