Pub

Escritor de policiais sentiu-se mal durante uma sessão de autógrafos, foi assistido e já deu entrada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Francisco Moita Flores, de 69 anos, estava este domingo a dar autógrafos na Feira do Livro de Lisboa quando sofreu uma indisposição.

O escritor, autor de “A despedida de Ulisses”, o seu mais recente romance, terá sofrido um ataque cardíaco.

Foi logo prontamente assistido pelo INEM e levado para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde permanece internado.

Além de escritor, Moita Flores é analista, investigador, antigo inspetor da Polícia Judiciária e ainda antigo Presidente da Câmara Municipal de Santarém

Pub