No passado dia 14 de Março o nosso Presidente do Governo Regional dos Açores, Dr. Vasco Cordeiro, solicitou ao Governo da República a suspensão imediata de todos os voos para a Região, medida que muito desejamos e que foi irresponsavelmente indeferida. No dia seguinte (15 de Março) a Região registou o primeiro caso positivo de coronavírus, na ilha Terceira, bem como, a existência de diversos casos suspeitos que foram submetidos a análise. Como medida preventiva, o Governo dos Açores, enquanto entidade que tutela a SATA, ordenou e bem a suspensão de todos os voos de e para a ilha Terceira, a partir das 18:00h do dia 16 de Março, com exceção dos voos de abastecimento e de força maior. A SATA mantém os voos de ligação ao continente e estrangeiro com transporte de passageiros, é urgente que os voos para estes destinos sejam suspensos e que futuramente a activação destas ligações se limite ao estritamente necessário e permitido pela Autoridade de Saúde.
À semelhança do que tem acontecido nos restantes países afetados pelo coronavírus, o aumento exponencial do surto COVID-19 durante as próximas semanas será inevitável. Assim, torna-se IMPERATIVO que o Governo dos Açores tome medidas drásticas no sentido de isolar por completo todas as ilhas e concelhos dos Açores, de forma a conter a disseminação do vírus. Será necessário manter todas as deslocações marítimas, aéreas e terrestres relacionadas com o abastecimento e distribuição de bens de consumo, socorro ou deslocações por força maior, desde que sejam devidamente validadas pela Autoridade de Saúde.
É vital conter a propagação do COVID-19 numa óptica reduzir o número de pessoas que necessitará de assistência médica / internamento e de forma a ganharmos tempo, na esperança que surja uma vacina e para que toda a população se prepare para os tempos que estão para vir. Por agora a única forma de atacarmos o coronavírus é através da AÇÃO IMEDIATA, PROTEÇÃO e ISOLAMENTO.
Se São Miguel e Terceira não possuem condições para satisfazer as necessidades locais, que hipótese terão estas duas ilhas para acudir a população das restantes sete? As ilhas com menos população são também as ilhas com a população mais envelhecida e desprotegida. Há ilhas que nem ventilador têm. Daí a importância de isolarmos imediatamente todas as ilhas ilhas e concelhos dos Açores. Não há forma de fugir a este vírus, é urgente controlar e atrasar a sua propagação. Poupemos os profissionais de saúde bem como todos aqueles que diariamente trabalham para nos abastecer, organizar e proteger. Só assim salvaremos vidas.