Pub

O selecionador português de futebol, Fernando Santos, anuncia hoje os 26 jogadores eleitos para a fase final do Mundial2022, numa lista que deverá ter poucas surpresas, mas que já tem ausências de peso certas.

A partir das 17:30, na Cidade do Futebol, em Oeiras, o técnico dará a conhecer os nomes que vão envergar as cores lusas no Qatar, precisamente duas semanas antes da estreia no Grupo H, agendada para 24 de novembro, com o Gana.

Fora deste lote estarão Diogo Jota, que seria um potencial titular, e Pedro Neto, ambos lesionados, mas também Rafa, que há dois meses renunciou à seleção nacional, ainda que recentemente Fernando Santos tenha mostrado abertura para ‘receber’ novamente o jogador do Benfica.

As 26 opções finais sairão de uma lista de 55 pré-convocados que foi divulgada na comunicação social portuguesa e nunca foi desmentida pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), sendo que alguns elementos parecem ter ‘bilhete’ certo para um Campeonato do Mundo atípico, por, pela primeira vez na história, ser disputado a meio de uma temporada europeia.

Diogo Costa e Rui Patrício são intocáveis entre os guarda-redes, enquanto Diogo Dalot, João Cancelo, Nuno Mendes, Raphaël Guerreiro, Rúben Dias, Pepe e Danilo devem compor o lote de defesas, aos quais se juntará, previsivelmente, o estreante António Silva (19 anos), do Benfica.

Entre os médios, Santos vai escolher entre William Carvalho, Rúben Neves, Palhinha, João Mário, Vitinha, Bruno Fernandes, Bernardo Silva, Renato Sanches, Matheus Nunes, João Moutinho e Otávio, ao passo que, no ataque, Cristiano Ronaldo, Rafael Leão e João Félix já terão ‘assentos’ marcados no avião para o Qatar, no qual também deverão seguir Gonçalo Ramos, Gonçalo Guedes e Ricardo Horta.

A lista final de 26 jogadores terá de ser enviada para a FIFA na segunda-feira, precisamente quando Portugal inicia a preparação para o Mundial2022, que inclui um jogo de preparação com a Nigéria, de José Peseiro, em 17 de novembro, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

A comitiva lusa viajará para o Qatar no dia seguinte, em 18 de novembro, tendo estreia marcada no Grupo H para 24 de novembro, diante do Gana, antes de defrontar Uruguai, em 28, e a Coreia do Sul, de Paulo Bento, em 02 de dezembro.

Pub